TOP Destinos

Compartilhar:

SalzburgoSalzburgo

 
Avalie esse destino:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas

Cinco colinas, um rio e alguns laguinhos cercam e enfeitam Salzburgo, cidade encravada nos Alpes austríacos e famosa por ser a terra natal de Mozart. Não é exagero supor que a beleza dessa paisagem do entorno tenha ajudado a inspirar o compositor, um dos grandes gênios da humanidade. Hoje, a cidade tem um patrimônio histórico impressionante e respira música – da melhor qualidade – em todas as esquinas. Inspire-se.

 

Ikarus - Hangar 7

Salzburg Airport, Innsbrucker Bundesstraße, Salzburgo, Áustria

A cada mês, um chef top é convidado para comandar este restaurante instalado num hangar do aeroporto. Em junho de 2016, por exemplo, é a vez do francês Alexandre Couillon, e em julho, do austríaco Eckart Witzigmann, o dono da ideia.

VISITE O SITE
 

Esszimmer

Müllner Hauptstraße 33, Salzburgo, Áustria

A casa do chef Andreas Kaiblinger, com uma estrela Michelin, é moderna por dentro e com cardápio francês clássico com toques locais. Há vários menus diferentes, começando do mais simples ao completo, o menu do chef.

VISITE O SITE
 

Jazz It

Elisabethstraße 11, Salzburgo, Áustria

Jazz ao vivo, cerveja e petiscos. No bar mais cool da cidade, o forte nem é tanto a comida, mas sim o ambiente. No verão, o jardim abre para os drinques ao ar livre.

VISITE O SITE

 

Sacher Salzburg

Schwarzstraße 5-7, Salzburgo, Áustria

Em frente ao Rio Salzach, o hotel fica em um palacete construído em 1866 e é irmão do Sachen de Viena, onde foi criada a famosa torta de chocolate. Oferece programas especiais para crianças.

VISITE O SITE
 

Schloss Mönchstein

Mönchsberg 27A, 5020 Salzburg, Áustria

A localização privilegiada deste que é um dos hotéis mais luxuosos da Áustria permite vistas fantásticas da cidade. A suíte Maria Theresia, com 75 m2, tem grandes janelas inspiradas em projetos de Leonardo da Vinci.

VISITE O SITE
 

Schloss Leopoldskron

Leopoldskronstraße 56-58, Salzburgo, Áustria

Ocupando o suntuoso palácio Leopoldskron, do século 17, este hotel aparece em várias cenas do filme A Noviça Rebelde. Os quartos, amplos e modernos, dão vista para jardins, fontes e um lago belíssimo.

VISITE O SITE

  1. Caminhar pela cidade velha, cheia de igrejas e construções dos séculos 17 e 18. A Getreidegasse é a rua mais famosa, e nela fica a Geburtshaus, a casa onde Wolfgang Amadeus Mozart nasceu em 1756.
  2. Assistir a um festival de música – a cidade sedia vários ao longo do ano, sendo o mais famoso deles o Salzburger Festspiele, entre julho e agosto — o mais importante do mundo da música clássica.
  3. Visitar o Schloss Mirabell, palácio em estilo barroco do século 18 com jardins fabulosos criados por Lukas von Hildebrandt.
  4. Encantar-se com as engenhosas fontes e saídas de água dos jardins do Schloss Hellbrunn, no sul da cidade, palácio construído no século 17 para ser uma residência de verão.
  5. Subir até Festung Hohensalzburg, a fortaleza que domina a paisagem da cidade, no alto de uma montanha de 500 metros e cuja história teve início no século 12. A vista do alto é de tirar o fôlego.
  6. Chegar ao topo do Mönchsberg, com 507 metros, outra das cinco montanhas de Salzburgo. Lá no alto, há mais castelos e construções históricas.
  7. Tentar a sorte no cassino do Schloss Klessheim, um belo palácio barroco.
  8. Visitar a coleção da Residenzgalerie, na Alte Residenz, que inclui mestres como Rembrandt e Carel Fabritius.
  9. Conhecer a residência da família de Mozart, a Mozarts Wohnhaus, e imaginar o pequeno gênio nos cômodos da casa.
  10. Tomar uma caneca de cerveja nas barracas da Augustinerbräu, em Mülln. Você pode levar sua própria comida, como os austríacos fazem.

  1. A confusão da língua, que logo se dissipa pela enorme quantidade de guias e turistas de várias partes do mundo.
  2. O excesso de ofertas para passeios inspirados no filme A Noviça Rebelde (Sound of Music). Você pode fazer os roteiros por conta própria com mais liberdade.
  3. A grosseria dos garçons nos locais mais turísticos, especialmente no verão.
  4. O fundo musical com obras de Mozart por toda parte.
  5. O frio. Afinal, estamos nos Alpes.

A cidade natal de Mozart e cenário do filme A Noviça Rebelde também é lembrada por:

  • Ser a quarta maior cidade da Áustria e a capital do estado de mesmo nome.
  •  Ter seu centro histórico barroco tombado como Patrimônio Mundial da Humanidade.
  •  Ter sido ocupada por celtas antes de virar uma cidade sob domínio romano no ano 45 d.C., então chamada Juvavum.
  •  Ter sido um centro do Iluminismo no final do século 18, a época de Mozart.
  •  Abrigar três universidades importantes e ser uma cidade estudantil.
  •  Ser a cidade natal também do maestro Herbert von Karajan e do cientista Christian Doppler.

Os ingressos para o festival de Salzburgo são raros e caros. Mas é possível assistir a apresentações eruditas de altíssimo nível sem muitas filas – e melhor, o ano todo – no Mozarteum, um dos conservatórios mais aclamados do mundo. Os melhores músicos do mundo vêm aqui para se graduar ou passar uma temporada, e há apresentações quase todos os dias. Confira em www.unimozarteum.at.

Cultura

Gastronomia

Ikarus - Hangar 7

Salzburg Airport, Innsbrucker Bundesstraße, Salzburgo, Áustria

Esszimmer

Müllner Hauptstraße 33, Salzburgo, Áustria

Jazz It

Elisabethstraße 11, Salzburgo, Áustria

Hospedagem

Sacher Salzburg

Schwarzstraße 5-7, Salzburgo, Áustria

Schloss Mönchstein

Mönchsberg 27A, 5020 Salzburg, Áustria

Schloss Leopoldskron

Leopoldskronstraße 56-58, Salzburgo, Áustria

Noite

Consumo

Esportes

Música

Pontos Turísticos

10 coisas que você deve fazer

  1. Caminhar pela cidade velha, cheia de igrejas e construções dos séculos 17 e 18. A Getreidegasse é a rua mais famosa, e nela fica a Geburtshaus, a casa onde Wolfgang Amadeus Mozart nasceu em 1756.
  2. Assistir a um festival de música – a cidade sedia vários ao longo do ano, sendo o mais famoso deles o Salzburger Festspiele, entre julho e agosto — o mais importante do mundo da música clássica.
  3. Visitar o Schloss Mirabell, palácio em estilo barroco do século 18 com jardins fabulosos criados por Lukas von Hildebrandt.
  4. Encantar-se com as engenhosas fontes e saídas de água dos jardins do Schloss Hellbrunn, no sul da cidade, palácio construído no século 17 para ser uma residência de verão.
  5. Subir até Festung Hohensalzburg, a fortaleza que domina a paisagem da cidade, no alto de uma montanha de 500 metros e cuja história teve início no século 12. A vista do alto é de tirar o fôlego.
  6. Chegar ao topo do Mönchsberg, com 507 metros, outra das cinco montanhas de Salzburgo. Lá no alto, há mais castelos e construções históricas.
  7. Tentar a sorte no cassino do Schloss Klessheim, um belo palácio barroco.
  8. Visitar a coleção da Residenzgalerie, na Alte Residenz, que inclui mestres como Rembrandt e Carel Fabritius.
  9. Conhecer a residência da família de Mozart, a Mozarts Wohnhaus, e imaginar o pequeno gênio nos cômodos da casa.
  10. Tomar uma caneca de cerveja nas barracas da Augustinerbräu, em Mülln. Você pode levar sua própria comida, como os austríacos fazem.

5 coisas que você não pode evitar

  1. A confusão da língua, que logo se dissipa pela enorme quantidade de guias e turistas de várias partes do mundo.
  2. O excesso de ofertas para passeios inspirados no filme A Noviça Rebelde (Sound of Music). Você pode fazer os roteiros por conta própria com mais liberdade.
  3. A grosseria dos garçons nos locais mais turísticos, especialmente no verão.
  4. O fundo musical com obras de Mozart por toda parte.
  5. O frio. Afinal, estamos nos Alpes.

O que há de especial

A cidade natal de Mozart e cenário do filme A Noviça Rebelde também é lembrada por:

  • Ser a quarta maior cidade da Áustria e a capital do estado de mesmo nome.
  •  Ter seu centro histórico barroco tombado como Patrimônio Mundial da Humanidade.
  •  Ter sido ocupada por celtas antes de virar uma cidade sob domínio romano no ano 45 d.C., então chamada Juvavum.
  •  Ter sido um centro do Iluminismo no final do século 18, a época de Mozart.
  •  Abrigar três universidades importantes e ser uma cidade estudantil.
  •  Ser a cidade natal também do maestro Herbert von Karajan e do cientista Christian Doppler.

TOP

Os ingressos para o festival de Salzburgo são raros e caros. Mas é possível assistir a apresentações eruditas de altíssimo nível sem muitas filas – e melhor, o ano todo – no Mozarteum, um dos conservatórios mais aclamados do mundo. Os melhores músicos do mundo vêm aqui para se graduar ou passar uma temporada, e há apresentações quase todos os dias. Confira em www.unimozarteum.at.

  •   Todos

  •   Cultura

  •   Gastronomia

  •   Hospedagem

  •   Noite

  •   Consumo

  •   Esporte

  •   Música

  •   Pontos
    turísticos
Avalie esse destino:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas

Instagram

Marque suas fotos com a localização e a hashtag #topdestinos para aparecer no nosso mural.

Leia Também

 

Toronto

 

Toronto

Toronto fica junto ao Lago Ontário e atrai pessoas de todas as partes do mundo, que ali não só passam férias, mas, também, a escolhem para viver. Bairros típicos como Chinatown, Little Italy, Greektown, Little…

 

Bangcoc

 

Bangcoc

A capital do antigo Reino do Sião tornou-se um dos destinos mais populares do planeta, tanto que pelo que oferece, como por ser um ponto de partida para as praias da Tailândia quanto por ser…

 

Cusco

 

Cusco

Impossível não associar Cusco a Machu Picchu, um dos destinos mais desejados do mundo. Isso porque, para chegar ao famoso parque arqueológico, uma das sete maravilhas do mundo moderno, praticamente todo mundo para naquela que…

  •   Todos

  •   Cultura

  •   Gastronomia

  •   Hospedagem

  •   Noite

  •   Consumo

  •   Esporte

  •   Música

  •   Pontos
    turísticos