TOP Destinos

ExperiênciaExperiênciaAventura

Sobrevoar as Cataratas do Iguaçu de helicóptero

Há muitas maneiras de surpreender-se com as Cataratas do Iguaçu. A mais simples é caminhar até as plataformas do Parque Nacional do Iguaçu, em Foz do Iguaçu. Mas também é possível, atravessar a fronteira e fazer caminhada equivalente no Parque Nacional do Iguazú, em Misiones, no lado Argentino. Do lado de lá, você verá a Garganta do Diabo, onde estão as quedas mais impactantes. Outra maneira de surpreender-se com as cataratas — e ela inclui um pouco de adrenalina —, é entrar em um bote de borracha e fazer o chamado Macuco Safári que o levará à boca da imensa catarata. Mas nada, nada se compara à visão do alto. A visão que se tem de dentro de um helicóptero. Diante da quantidade de água correndo rio abaixo e formando 275 quedas d’água, algumas com até 80 metros de altura, você talvez repita as palavras de Eleanor Roosevelt: “Pobre Niágara!”.

Sim, Iguaçu deixa as cataratas dos americanos no chinelo. E não é à toa que os tupis a tenham batizado justamente de “água grande”. As cataratas formam o maior conjunto de quedas d’água do planeta em volume, estendendo-se por 2,7 quilômetros ao longo da fronteira entre Brasil e Argentina. Dois terços ficam do lado de lá, é preciso dizer. Mas do alto, a referência política é perdida. O que se vê é a grandiosidade do rio. O que se ouve é o barulho abafado das águas correndo. O passeio de helicóptero dura de 10 a 35 minutos e ainda inclui um sobrevoo à Usina Hidrelétrica e ao Marco das Três Fronteiras (para quem não lembra, o Paraguai também está ao lado).

Ainda há mais uma maneira de se surpreender com as Cataratas: um passeio à luz da lua guiado pelo biólogo do Belmont hotel. Durante a caminhada noturna pelo parque, você poderá observar um raro arco-íris lunar. É a versão mais poética e romântica das Cataratas. Poor Niagara!

Quando ir: na primavera e no verão, época de chuvas, o volume de água é maior.

Quem leva: Belmont Hotel das Cataratas Iguassu Falls (ver site).

Ideal para: famílias com crianças.

Para entrar no clima: Assista o filme A Missão, de Roland Joffé.

Um possível substituto: As Cataratas do Niágara, nos Estados Unidos.

Leia Também

 

Um parque vintage na Dinamarca

 

Um parque vintage na Dinamarca

Um parque de diversões para voltar no tempo em Copenhagen

 

Aproveite os segredos da Cidade Maravilhosa

 

Aproveite os segredos da Cidade Maravilhosa

 

Dormir num hotel de 5 milhões de estrelas

 

Dormir num hotel de 5 milhões de estrelas

No México, um hotel com quartos-bolha oferece vista do céu estrelado